|Fotos| |Filhotes para Venda|
O Beagle é hoje uma raça muito falada, mas mal conhecida. É comum ouvirmos comentários pejorativos a seu respeito, até mesmo por veterinários e cinófilos. É um erro caracterizarmos um comportamento degenerado como sendo o padrão da raça. Quem já teve a feliz oportunidade de conviver com um Beagle "normal", sabe que esta raça possui um temperamento extremamente estável. Sempre alegre (isto não significa agitado ou excitado), sempre de bem com a vida.
Entre suas características mais admiráveis, a principal é que a raça certamente possui cérebro. O Beagle é vivo o suficiente para ser mais astuto do que qualquer pessoa apática o bastante para permiti-lo. Possui também, muita determinação e não se intimida com facilidade. O Beagle preserva o seu forte sentido de independência. Por causa de sua força de caráter, o Beagle necessita de um adestramento inteligente e de uma condução firme. Acabará assim, reconhecendo o seu dono como o líder e o respeitará, tornando-se seu amigo mais fiel.

CBKC no rdm; 161 de 27/4/94 FCI no rdm; 161d de 24/6/87. País sde origem: Grã-Bretanha.

APARÊNCIA GERAL: é um caçador vigoroso, de constituição compacta, transmitindo uma sensação de qualidade, sem qualquer traço de rusticidade.

CARACTERÍSTICAS: sua especialidade é a caça à lebre, seguindo a pista pelo faro. Atrevido, alegre, com energia, determinação e intensa atividade. Sempre alerta, inteligente e de temperamento equilibrado.

TEMPERAMENTO: amistoso, sem agressividade ou timidez.

CABEÇA: de comprimento moderado, boa massa, sem cair no rústico, sendo mais refinada, na fêmea; sem rugas ou dobras. Crânio suavemente arqueado, de largura moderada, com a crista sagital, levemente, marcada. Stop bem definido, situado à meia distância, da trufa ao occipital. Focinho de boa massa; os lábios descem lateral e moderadamente. A trufa é larga, preferivelmente preta, sendo admitida uma cor menos intensa, em cães de pelagem mais clara. Narinas bem abertas. Olhos: relativamente grandes, de inserção no plano da pele, bem separados, marrom escuro ou avelã e expressão meiga e suplicante. Orelhas: longas; de extremidade arredondada; quando medidas, seu comprimento deve ser próximo à extremidade do nariz. Inserção: baixa, delgadas, portadas graciosamente caídas rente às faces. Focinho: dentes alinhados, inseridos ortogonalmente em maxilares fortes, com dentadura completa, mordedura articulada em tesoura perfeita, isto é, os incisivos superiores se sobrepõem aos inferiores em contato justo.

PESCOÇO: suficientemente longo, de modo a facilitar o farejamento da trilha, ligeiramente arqueado e apresentando ligeira barbela.

ANTERIORES: ombros bem angulados, sem serem carregados. Os anteriores são retos e aprumados, bem ajustados ao tronco, boa substância e ossatura de seção redonda, sem afinar para baixo. Metacarpos curtos. Cotovelos firmes, paralelos e corretamente direcionados para a frente. A altura do cotovelo fica, aproximadamente, na metade da altura na cernelha.

TRONCO: a linha superior reta e nivelada, o nível do peito abaixo do cotovelo, as costelas bem anguladas para trás e o lombo curto, formam um conjunto bem balanceado. O lombo é forte e flexível e o ventre, moderadamente, esgalgado.

POSTERIORES: coxas bem musculadas; joelhos bem angulados, jarretes firmes, curtos e paralelos. PATAS: compactas, firmes, dígitos bem arqueados, com almofadas fortes, sola dura e resistente, patas arredondadas e unhas curtas.

CAUDA: espessa, de comprimento moderado, inserção alta, portada empinada sem se curvar sobre o dorso, nem inclinada para a frente desde a raiz. Bem revestida de pêlos, ligeiramente mais longos, na face ventral; (ou seja, cauda tipo escova).

MOVIMENTAÇÃO: com desenvoltura, passadas fluentes, com longo alcance nos anteriores, que trabalham em planos paralelos, corretamente direcionados para a frente, e forte propulsão nos posteriores. A linha superior se mantém nivelada e firme; sem qualquer indício de oscilação.

PELAGEM: pêlo curto, denso e resistente às intempéries. COR: todas as cores reconhecidas para os Hounds, exceto a cor fígado. A extremidade da cauda é branca.

TAMANHO: altura na cernelha: mínima desejável, 33cm; máximo 40cm.

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão, deve ser considerado como falta e penalizado na exata proporção da sua gravidade.

NOTA: os machos devem apresentar os dois testículos visivelmente normais, bem acomodados na bolsa escrotal.

Fonte: Saúde Animal - Internet - Cães - Afghan Hound.

Fonte: Beagle Brasil - Padrão Raça - Internet - Cães - Beagle.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

voltar página inicial