A primeira menção à raça que hoje conhecemos como Afghan hound se encontra num papiro, datado aproximadamente de 400 a 3000 a . C, achado nas proximidades de Jebel Musa, localizada na pequena península do Sinai, entre o Golfo de Suez e o Golfo de Akaba, local que fazia parte do antigo Egito.Neste documento o cão é mencionado como hábil caçador e muito aceito pela nobreza. Em túmulos do vale do Nilo também foram encontradas reproduções destes animais. Acredita-se que inicialmente tenha sido presente de um Sheik a Mênfis, tendo recebido o apelido de cara de macaco.

Apesar de confirmada a origem Egípcia, há dúvidas se o Afeganistão fez grandes contribuições para o desenvolvimento da raça. Criado num país montanhoso e vivendo em regiões altas, onde invernos são especialmente severos, o Afghan pouco mudou em suas características marcantes. Pelagem compacta, sedosa, de textura fina e cobrindo todo o corpo; orelhas pendulares e um topete de pelagem sedosa no alto da cabeça. Outra característica hereditária da raça é a sua acomodação a qualquer tipo de temperatura- isto porque além de invernos gelados, o Afeganistão possui verões muito quentes.

Dotado de uma excelente visão e grande velocidade, era o cão mais indicado na caça a leopardos e na perseguição a gazelas e coelhos selvagens.

.
CARACTERÍSTICAS DA RAÇA

Com sua elegante aparência e porte altivo e aristocrata o Afghan tem conquistado muita gente e é tido por muitos como "O REI DOS CÃES".

A sua pelagem longa e sedosa, cresce gradativamente e chega ao auge quando o cão completa 3 ou 4 anos. O filhote possui apenas uma penugem por todo o corpo de textura lanosa, e um característico bigode que geralmente cai após os 12 meses.

O corpo é esguio e os ossos ilíacos aparentes, características que o tornam muito veloz. É um cão atlético e necessita de exercícios constantes. Talvez por um reflexo de seu passado de caçador, um Afghan pode fugir em disparada se tiver oportunidade.

De temperamento reservado e muitas indiferentes com estranhos, é tido como um cão independente. Porém como as demais raças, é muito apegado ao seu dono, com quem gosta de compartilhar os passeios ou descansos no sofá, a sua coma predileta.

Gosta de viver em grupo, principalmente com outros Afghan. Mas também convive com outros cães tranqüilamente . o Afghan só costuma atacar outros cães se for provocado.

Outra característica marcante na raça é a expressão original e o olhar distante, como se tivesse recordando os tempos passados. Daí vem a frase que todo criador fala: "UM AFGHAN NUNCA OLHA PARA VOCÊ, , E SIM ATRAVÉS DE VOCÊ."


CUIDADOS ESPECIAIS

Para que o cão possa Ter a pelagem completa é necessário aguns cuidados especiais de seu dono. Os banhos devem ser semanais ou no máximo a cada dez dias. Um banho bem dado, com produtos de boa qualidade dispensa as escovações durante a semana. A raça não requer tosa, mas pode ser feito o trimming no dorso e pescoço, pois neste lugares a pelagem é mais curta e lanosa.

Uma alimentação balanceada, como uma ração de boa qualidade, e exercícios constantes é o suficiente para se Ter um animal em boas condições.

PADRÃO DA RAÇA ( Bruno Tausz)

APARÊNCIA GERAL: dão a impressão de força e dignidade, combinando velocidade e vigor. A cabeça portada alta.

CARACTERÍSTICAS: expressão oriental é típica da raça. O olhar do Afghan é distante e parece ver através das pessoas.

TEMPERAMENTO: indiferente e digno, com certa coragem e determinação.

CABEÇA E CRÂNIO: crânio longo, não muito estreito, com occipital proeminente. Focinho longo, de presas fortes e stop leve. Crânio bem balanceado encimado por um longo topete. O nariz é, preferivelmente, preto sendo a cor fígado aceitável em exemplares de pelagem clara.
Olhos: de preferência escuros, não penalizado os exemplares com olhos de cor dourada. Quase triangulares, ligeiramente oblíquos, no sentido do canto interno para o canto externo.
Orelhas: de inserção baixa bem para trás, portadas rente às faces e revestidas por pêlos longos e sedosos.
Focinho: maxilares fortes, com mordedura em tesoura perfeita, regular e completa, isto é, os dentes superiores se sobrepondo estreitamente com relação aos inferiores e bem alinhados na mandíbula. A mordedura em torquês é tolerada.

PESCOÇO: longo, forte, portando a cabeça alta.

ANTERIORES: ombros longos e inclinados bem alocados para trás, bem musculosos, fortes, sem serem carregados. Membros anteriores retos com boa ossatura. Visto de frente aprumados com os ombros. Cotovelos bem ajustados, trabalhando rente ao tórax.

TRONCO: linha superior é reta e de nível, de comprimento moderado bem musculosa, com a garupa inclinando-se ligeiramente na direção da cauda. Lombo reto, largo e, preferencialmente, curto. Ílios bem proeminentes e bem separados. Costelas moderadamente arqueadas e boa profundidade de peito.

POSTERIORES: fortes, com joelhos bem curvados e bem angulados. Longos entre a garupa e os jarretes que são relativamente curtos. Os ergôs podem ser removidos.

PATAS: as anteriores são fortes e muito grandes, tanto em comprimento quanto na largura e revestidas por pelagem longa e espessa. Os dedos são arqueados, metacarpos longos e flexíveis, almofadas plantares, perfeitamente apoiadas no chão. As posteriores são longas, mas não tanto quanto as anteriores, com as características de pelagem iguais.

CAUDA: de inserção baixa e tamanho médio, portada alta, quando em ação, formando um anel no final.

PELAGEM: longa e de textura muito fina na região das costelas, nos membros e nos flancos. Nos cães maduros, o pêlo é curto e denso ao longo de toda a linha superior.

COR: todas as cores são aceitas.

TAMANHO: machos de 68 a 74 cm e fêmeas de 63 a 69 cm.

MOVIMENTAÇÃO: suave e elástica, com estilo de alta classe.

FALTAS: qualquer desvio dos itens deste padrão deve ser considerado como falta e penalizada na exata proporção de sua gravidade.

NOTA: os machos devem apresentar os dois testículos bem visíveis e normais, totalmente descidos na bolsa escrotal.

 

Fonte: Saúde Animal - Internet - Cães - Afghan Hound.

 

|Fotos| |Filhotes para Venda|


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

voltar página inicial